A polêmica da boate

Ainda nem foi inaugurada e a boate More Dance já causa polemica entre moradores de um trecho da Cleto Campelo. Alguns deles afirmam que a novidade vai trazer problemas para os vizinhos da nova casa noturna morenense. Um grupo já se mobiliza para coletar assinaturas em um abaixo assinado que tenta vetar a abertura da casa.

Paulo Augusto demonstrou sua preocupação com os problemas que serão causados, segundo ele, com a inauguração dessa “danceteria” em um e-mail enviado para este site. Ainda de acordo com Paulo, um dos motivos que levou as pessoas a criar esse movimento foi assegurar o direito da população. “O interesse dos moradores não é de castrar a liberdade de trabalho ou lazer das pessoas, mas garantir o sossego de uma vizinhança pacifica e ordeira, e também preservar a segurança e a integridade dos nossos jovens”, explicou Paulo.

O empresário Ubiracir Soares, responsável pela boate, discorda da colocação das pessoas envolvidas nesse movimento. Ele assegura que a casa noturna não trará tais transtornos. “Estamos investindo em estrutura e vamos fazer todo um isolamento acústico do local”, afirmou o empresário. A casa noturna deverá ser inaugurada no próximo dia 5. O espaço tem aproximadamente 380 m² e capacidade para 1,2 mil pessoas.

A boate terá dois espaços distintos. Um para apresentações de bandas e outro para Djs. Todos os ambientes serão climatizados. A More Dance irá abrir as sextas e sábados às 22 horas. No domingo não foi definido um horário, mas provavelmente será no final da tarde.

Publicado por Leonardo Rodrigo na data de 27/10/2010 às 02:12 e impresso na data de 23/11/2017.