Prefeitura é despejada do antigo SESI

A Prefeitura Municipal do Moreno perdeu o prédio do antigo SESI em uma ação de despejo movida pelo Serviço Social da Indústria. O embate jurídico já vinha acontecendo desde 2006, mas seu desfecho aconteceu em outubro, quando a justiça determinou a devolução do imóvel a seu proprietário.

O motivo da ação foi a dívida de aluguéis da época de em que Vavá Rufino foi prefeito do município. Ao tomar posse, o atual chefe do executivo municipal, Edvard Bernardo, não assumiu a dívida.

No local funcionava a Secretaria de Ação Social do Moreno. Além disso, eram desenvolvidas atividades esportivas, como: futsal e natação. No salão de eventos do prédio eram realizadas festas e casamentos.

O prazo para desocupar o imóvel encerra quarta (3). Não foi informado onde irá funcionar a Secretaria de Ação Social, apenas que alguns departamentos já funcionam em outros prédios da prefeitura.

Publicado por Leonardo Rodrigo na data de 03/11/2010 às 12:15 e impresso na data de 22/11/2017.