página principal » cidade de Moreno » Chefes do executivo

Chefes do executivo municipal

Lista dos prefeitos que já comandaram Moreno desde sua emancipação política.

Adilson Gomes Filho - 2013/2016
Dilsinho Gomes, como é conhecido, foi eleito com a maior votação já vista em eleições em Moreno. Foram mais 21 mil votos, chegando a 88% dos votos válidos.
Edvard Bernardo Silva - 2009/2012
Com uma diferença de mais de 6 mil votos, Edvard consegue seu terceiro mandato.
Profº Edvard Bernardo - 2005/2008
Com quase 70% dos votos válidos, Edvard ganha as eleições municipais de 2004, dando a Edvaldo Rufino, que apoiava o candidato Rezende, sua pior derrota política.
Engº Edvaldo Rufino - 2001/2004
Eleito com apenas 246 votos a mais que o segundo colocado, Edvard, Rufino chega ao seu terceiro mandato após um pleito bastante tumultuado.
Engº Edvaldo Rufino - 1997/2000
Sr. Jorge Soares - 1993/1996
Engº Edvaldo Rufino - 1989/1992
Profº Edvard Bernardo - 1982/1988
Sr. João Olympio - 1980/1981
João Olímpio assume a prefeitura como interventor em 1980.
Profº Paulo Souza - 1977/1979
Sr. Osias Mendona - 1973/1977
OSIAS GOMES DE MENDONÇA. Obteve a doação, pelo COTONIFÍCIO MORENO S. A., dos prédios onde funcionam o GINÁSIO SAGRADO CORAÇÃO e EDUCANDÁRIO SANTO ANTONIO, e a capela São Sebastião (Igreja Velha); desapropriou o prédio n.° 5, rua Floriano Peixoto, doando ao BANDEPE, para instalação de sua Agência; conseguiu a liberação, pelo MEC, de uma verba de CR$ 285.000,00, para construção de um Grupo Escolar no Alto de Santo Antonio; adquiriu uma ambulância destinada ao Posto Médico-Odontológico de Tapera; desapropriou o terreno da antiga SEMENTEIRA DA FÁBRICA, para construção de escritório comerciais e residenciais; vendeu à TECELAGEM PARAHYBA DO NORDESTE S. A. cerca de 26 hectares pertencentes à Prefeitura, pela módica importância de CR$ 100.000,00, para implantação da Unidade n.° 2; obteve da TELPE a ligação telefônica do Moreno para o Brasil e alguns países estrangeiros; reformou o campo de futebol, dotando-o de iluminação para jogos noturnos; restaurou o pátio da feira, conseguindo com o locatários a construção de barracas e boxes higiênicos; ergueu um alambrado em frente ao Grupo Escolar da Avenida Dr. Sofrônio Portela, a ser concluído; construiu a maior área de calçamento na sede do município; conseguiu, em 1976, a assinatura do Decreto n.° 4.200, sobre a implantação do Distrito Industrial do Moreno (“dormindo em berço esplêndido”, engavetado nas Secretarias do Governo); solicitou ao DER a terraplanagem (novo traçado) da estrada de acesso à BR – 232 (ainda não foi pavimentada, conforme promessa do Governo do Estado).
Sr. Isnald Vasconcelos - 1969/1973
Principais obras: construção do Posto Médico-Odontológico MARIA CRISTINA DE SOUSA LEÃO e Grupo Escolar DONA OLGA GUEIROS, em Bonança. Grupo Escolar BASILEU PORTELA, em Buscau; ponte DR.ANTONIO DE SOUSA LEÃO, no Engenho MORENOS; aumento de 28 x 126 metros no cemitério público da cidade e restauração total do mesmo; implantação do serviço de abastecimento d’água na cidade; extensão da rede elétrica em diversas ruas da sede municipal e em Bonança e instalação da BIBLIOTECA PÚBLICA JOÃO DOURADO.
Sra. Lúcia Maranhão - 8 dias
Dona Lúcia Maranhão renuncia, e seu vice, Isnald de Holanda Vasconcelos, assume a prefeitura.
Sr. Antonio Souza - 15 dias
Sr. Raul Melo - 1963/1969
Raul Melo teve seu mandato prorrogado por mais um ano, dois meses e dez dias, de acordo com o Ato Complementar Nº 37. Destaque para a construção dos Grupos Escolares OTONIEL LOPES e ARGEMIRO NEPOMUCENO, em Moreno, e JORNALISTA EDSON REGIS, em Bonança. Um convênio com o MEC. Ponte ARTUR AVES DE MENDONÇA, 6 abrigos para passageiros e aquisição de um prédio destinado à Garagem da Municipalidade.
Sr. Osias Mendonça - 1963
Sr. Adolfo Santos - 7 dias
Sr. Argemiro Nepomuceno - 1960/1962
Sr. Ney Maranhão - 1959/1963
Sr. Artur Alves de Mendonça - 1958
Sr. Manoel Correia - 1955/1958
Sr. João Carneiro - 1951/1955
Sr. Ney Maranhão - 1951
O Prefeito Ney Maranhão, empossado em 18/11/1951, renunciou, e assumiu em seu lugar o então vice-prefeito João Carneiro da Cunha.
Sr Hamilton Vasconcelos - 4 meses
Presidente da Câmara Hamilton de Holanda Vasconcelos substitui o Prefeito Antonio Sobrinho, que foi afastado por motivos de saúde.
Sr. Antonio Sobrinho - 1947/1951
Sr. Antonio Pereira do Nascimento - 1947
Interventor
Dr. Henrique Portela - 1938/1946
Sr. Antonio Pereira do Nascimento - 1937/1938
Prefeito Antonio Pereira do Nascimento (nomeado por Ato do governador Otávio Correia de Araújo) Esteve à frente da prefeitura de 06 de agosto a 18 de novembro de 1947.
Sr. Artur Alves de Mendonça - 1936/1937
Prefeito Artur Alves de Mendonça, foi demitido juntamente com todos os prefeitos pernambucanos por Ato do interventor federal.
Dr. Temstocles Torres Rezende - 1933/1935
Sr. Djalma de Holanda Vasconcelos - 1936
Interventor
Dr. Antonio Aureliano Silva - 1932/1933
Bel Sofronio Eutiquiano da Paz Portela - 1930/1932
Cel Euclides S. Leão - 1928/1930
Prefeito Cel. Euclides José de Souza Leão foi deposto pela Revolução Liberal.
As mais lidas
27/10/2010
Visualizações: 6.921
30/09/2008
Visualizações: 6.663
13/04/2011
Visualizações: 6.483
05/10/2011
Visualizações: 6.291
22/02/2012
Visualizações: 6.222
01/09/2011
Visualizações: 6.000
21/12/2012
Visualizações: 5.859
16/09/2008
Visualizações: 5.718
31/08/2008
Visualizações: 5.403
15/07/2011
Visualizações: 5.289
26/08/2011
Visualizações: 5.265
27/02/2012
Visualizações: 5.184
25/08/2012
Visualizações: 5.118
13/09/2010
Visualizações: 4.911
03/10/2008
Visualizações: 4.833
Curiosidades
1946 - Inauguração, no dia 29 de setembro, do GRUPO ESCOLAR SR. SOFRÔNIO PORTELA (transformado em ESCOLA SOFRÔNIO PORTELA – Ensino de 1° e 2° graus).
1907 - A SOCIÉTÉ CONTONNIÉRE BELGE-BRESILIENNE S. A., organizada em Antuérpia (Bélgica), adquire as terras (1.400 hectares) pertencentes aos herdeiros do BARÃO DE MORENOS (engenho CATENDE), para implantação de uma fábrica de tecidos de algodão.
1956 - 04 de outubro. Falece, no Recife, o inglês John Turner Walmsley, ex-gerente técnico da fabrica de tecidos do Moreno, e um dos grandes amigos do operariado local (criador dos famosos VALORES DESCONHECIDOS, na época em que trabalhavam 3.000 pessoas).
1745 - O capitão-Mor Domingos Bezerra Cavalcanti, senhor de Engenho CATENDE, ergue sua capela sobre o outeiro (Igreja de São Sebastião), destruída, culposamente, 228 anos depois, a fim de construir, em seu terreno, a ESCOLA CARDEAL DOM JAIME CÂMARA – Ensino de 1° e 2° graus. Os trabalhos de demolição começaram em 27 de junho de 1973.
1910 - 13 de maio, inauguração do maior parque fabril construído entre nós. Presença do governador Herculano Bandeira de Melo.
1934 - Morre, no dia 18 de dezembro o bel, Antonio de Sousa Leão (neto do BARÃO DE MORENOS) e presidente do Conselho Municipal do município criado pela Lei Estadual n.° 1.931, de 11 de setembro de 1928.
1953 - 06 de novembro. Desapropriação amigável de 60 hectares pertencentes a SOCIÉTÉ CONTONNIÉRE BELGE-BRESILIENNSE S. A., mediante a importância de seiscentos mil cruzeiros antigos. João Carneiro da Cunha, prefeito do município, com a renúncia de Ney Albuquerque Maranhão, pagou à outorgante desapropriada, no dia 12 de agosto de 1955, a quantia de duzentos mil cruzeiros antigos (saldo devedor).
Leonardo Rodrigo, leoecia.com - 1998/2014. © Todos os direitos reservados.